poechenelle kelder

#41 – Bruxelas – Poechenelle Kelder

O Poechenelle Kelder é um bar de esquina que ficava próximo ao nosso hotel e ao lado da famosa estátua da criança que faz xixi (não sei até hoje por que essa estátua é famosa, mas isso não vem ao caso…). Chegamos tarde, depois de andarmos bastante e irmos até a região de Ixelles, onde paramos no Pantin para uma cerveja. 

poechenelle kelder

A parte interna já estava fechada, mas ainda havia bastante gente na calçada. Como ainda não tinha provado uma Kwak, não tive dúvidas em pedi-la. Como preza a tradição belga, serviram a cerveja no próprio copo, nesse caso uma espécie de tulipa extravagante que vem junto com uma base de madeira. Diz a lenda que foi ideia de um cocheiro, que mandou fazer essa base e um copo que ficasse acoplado a ela para que pudesse beber de forma segura enquanto trotava pelas calçadas irregulares. 

Kwak: âmbar, limpa, boa formação de espuma. Aroma e sabor predominante de caramelo com um leve frutado. O amargor é baixo, mas bem equilibrado com o dulçor do malte. Ótima pedida para nossa despedida de Bruxelas.

 

poechenelle kelder kwak
*Fotos do local retiradas da página deles no Facebook. Foto da cerveja dos nossos arquivos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *